Que me desculpem os frágeis, deprimidos e exagerados, mas tem dor que não é pra tanto. Eu, por exemplo, levo umas duas rasteiras da vida por semana. Se eu caio? Caio. Se eu morro? Não, não morro. E você também não morrerá. Sem drama, sem exageros. Quem muito exagera na dor, um dia acaba acreditando que ela machuca na mesma proporção e, por fim, acaba morrendo. Eu ainda estou vivo, e você?
Alugue Felicidade.  (via odeio-odiar-voce)
284
Se oriente
Ela era da absolut, ele era da cachaça. Ela era geração saúde e ele geração fumaça.
wondervibe ©